Mia Khalifa deixa os fãs devastados com o seu mais recente anúncio…

   

Mia Khalifa separou-se do seu marido de dois anos, Robert Sandberg.

A influencer, apresentadora desportiva e antiga estrela porno ficou noiva do chef sueco em Março de 2019, antes de darem legalmente o nó na cozinha da sua primeira casa a 10 de Junho de 2019.

A cerimónia de casamento era para ser a 10 de Junho do ano passado, mas foi cancelada devido ao Covid-19, e agora o casal seguiu os seus caminhos separados.

Ao anunciar a separação nas redes sociais, a estrela nascida no Líbano disse que passaram juntos quase um ano de terapia, mas não conseguiram fazer o casamento funcionar.

Ela disse: “Podemos dizer com confiança que demos tudo por tudo para que o nosso casamento funcionasse, mas depois de quase um ano de terapia e esforços estamos a afastar-nos sabendo que temos um amigo um no outro, e que realmente tentámos.”

“Amar-nos-emos e respeitar-nos-emos sempre porque sabemos que não foi um incidente isolado que causou a nossa separação, mas sim, um culminar de diferenças fundamentais, pelas quais ninguém pode culpar o outro.”

“Estamos a encerrar este capítulo sem arrependimentos e ambos começando o nosso, separadamente, mas ligados através de uma família incrível, amigos e o nosso amor pelos nossos cães.”

“Há muito tempo que esperávamos isto, mas estamos contentes por termos tomado o nosso tempo e dado o nosso melhor, e podemos ir embora sabendo que tentámos o nosso melhor.”

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mia K. (@miakhalifa)

   

A jovem de 28 anos casou anteriormente com o seu namorado do liceu em 2011, antes de se separar em 2014 e de se divorciar em 2016.

Foi durante este período que ela lançou a sua carreira pornográfica, causando controvérsia no Médio Oriente depois de ter realizado cenas de sexo num hijab.

Rapidamente se tornou a estrela número um no Pornhub, mas desde então revelou que os seus três meses de trabalho na indústria foram os piores da sua vida.

Falando no podcast de Alexandra Cooper’s Call Her Daddy em Março, ela disse: “Comecei a dissociar-me e a compartimentar e a fingir que as coisas nunca aconteceram ao ponto de não falar de pornografia durante os primeiros três anos, três anos depois, fiquei calada e nunca falei sobre isso.”

“Sempre que fazia uma entrevista isso era a única coisa sobre sobre a qual não me podiam perguntar, recusava-me a reconhecer que o tinha feito e só depois da terapia é que me apercebi do quão prejudicial isso é.”

Falando sobre o apartamento onde vivia no auge da sua fama viral, ela disse: “Era nojento, era tão mau, estava infestado de baratas, foi o pior momento de toda a minha vida.”

“Tive dois milhões de seguidores no Instagram, todos pensavam que eu estava a viver a vida boa, não era esse o caso.”