Pessoas “feias” são as que têm mais probabilidade de ter sucesso a nível profissional

Talvez possas pensar que as pessoas mais atraentes são aquelas que mais êxito têm na vida mas pelos vistos, as coisas não funcionam bem assim. Na verdade, uma nova investigação veio mesmo demonstrar que as pessoas vistas como menos atraentes são aquelas com mais probabilidade de virem a ter sucesso a nível profissional…

Um estudo realizado pelos investigadores Satoshi Kanazawa e Mary Still para a Revista de Negócios e Psicologia avaliou 20 mil jovens de 16 anos de idade que foram entrevistados em várias ocasiões durante 13 anos. Cada vez que o entrevistador se encontrava com eles, classificava o físico da pessoa numa escala que ia de “muito atraente” a “pouco atraente”, com o objectivo de medir a evolução dos seus salários consoante a sua aparência.

Em geral, houve uma associação positiva entre uma boa aparência e o vencimento mas curiosamente, os participantes classificados como “pouco atraentes” aos 29 anos de idade estavam a ganhar significativamente mais do que aqueles que eram considerados atraentes. E porquê, perguntas tu? Bem, os autores do estudo pensam que as pessoas atraentes não têm uma melhor reputação somente por terem uma cara bonita mas sim por terem mais saúde, inteligência e uma personalidade extrovertida.

Concluíram também que se existir intelecto, carisma e saúde, ser “pouco atraente” não importa muito, uma vez que às grandes corporações conta mais as tuas habilidades do que a forma como te apresentas.

Surpreendidos?