Pessoas com mau feitio vivem mais tempo

Um estudo alemão, publicado na Revista da Sociedade Americana de Psicologia, e que envolveu mais de 6000 pessoas, concluiu que expressar os sentimentos negativos aumenta, em pelo menos 2 anos, a esperança média de vida.

mau feitio

O acto de reprimir as emoções acelera a pulsação e a transpiração, o que aumenta as probabilidades de uma pessoa vir a sofrer de problemas cardiovasculares, hipertensão, cancro ou problemas renais.

Por outro lado, as pessoas que não se inibem de dizer aquilo que lhes vai na alma (pessoas com “mau feitio”), correm menos riscos de acordo com os investigadores.